Você sabe o que é lipólise? E apoptose?

Tantas palavras difíceis são usadas hoje em dia na estética, lançamentos e lançamentos, novas tecnologias… mas o que cada uma faz? Pensando na dificuldade de uma pessoa leiga, resolvi fazer um explicativo, pois a tecnologia veio para ajudar e não complicar.

Começando pela ideia de que vamos falar em procedimentos com comprovação científica, descobertos e estudados de forma ética.

Quero iniciar com ela, tão antiga e ainda a mais eficaz de todos tratamentos pra flacidez, mas que também age na gordura localizada e trata celulites. A maravilhosa Radiofrequência, que estimula colágeno através do calor de forma mais superficial, mas usada de forma mais profunda pode acelerar o metabolismo da célula de gordura, tratando gordura localizada, e celulites. Radiofrequência, antiga? Sim! Ultrapassada? Nunca!

O ultrassom uma tecnologia já usada na fisioterapia para diminuir edema, dores e espasmos, entre outras funções… na estética veio para cooperar no contorno corporal, melhorando edemas em alta frequência e em baixíssima frequência (ultracavitação) rompendo células de gordura, auxiliando no processo inflamatório, modelando o corpo e melhorado a aparência das celulites.

Já o Lilpoled faz o esvaziamento do conteúdo lipídico, essa gordura liberada deve ser utilizada como fonte de energia, então o ideal é fazer exercícios no dia do tratamento.

A partir destas explicações já temos o conceito da lipólise, que é a diminuição da célula de gordura.

Mas é a Criolipólise? Bom essa faz a famosa apoptose, que é a morte da célula de gordura. Isso é ótimo, e como isso acontece? Através do congelamento das células de gordura, que mudará o estado destas, cristalizando os adipócitos, o que os torna “células estranhas” ao corpo. O nosso sistema imunológico entra em sinal de alerta pois precisa eliminar essas células, causando assim um processo inflamatório que irá eliminá-las gradualmente é naturalmente durante um período de até 90 dias.

A Criolipólise foi descoberta em Harvard e tem muitos estudos científicos.

Então lembre-se nomes de equipamentos não são novos procedimentos, existem sim tecnologias diferenciadas em questão de potência e algumas que são associadas para melhores resultados e praticidade na aplicação. Pergunte sempre qual o procedimento que será feito, como ele age e pesquise, faça sempre uma avaliação presencial, não é possível passar protocolo pelo telefone sem avaliação e uma anamnese específica. Conhecer o profissional e criar uma relação de confiança é o primeiro sinal de que seu tratamento dará certo! E lembre-se autoestima é saúde!